terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Tentando entender...

Sabe...eu juro que tento entender as pessoas, pelo menos um pouco, mas eu não consigo.

Ontem, sai para comprar os presentes do amigo invisivel que vai rolar...to lá na fila do caixa, quando de repente, no caixa ao lado, começa o maior barraco...e ate agora eu não sei pq, acho q foi pq uma mulher pediu pra outra sair da frente e ficou olhando feio...
Agora, pensem: Loja LOTADA(epoca de Natal, neh?!)...e a mulherado berrando, mandando a outra se fuder e chamando de pobre...
Oi? Qual o problema de ser pobre? Isso é defeito agora? Como assim xingar alguém de pobre? Virou ofensa?
Serio...tento entender e juro que não consigo. E acho que nada daquilo precisava ter acontecido...mas, vai saber, neh?!

Outro caso que eu juro que não entendo, é um caso ligado a relacionamento.
Ahh...senta que lá vem historia, pq esse é bem complexo..rs
Conheço uma pessoa que tem um relacionamento de pouco mais de dois anos...porém, pelo que vejo, esses dois anos foram conturbados, principalmente nos ultimos meses. Foram tantas idas e vindas que começou a virar uma palhaçada, sabe?! Coisa ridicula mesmo...
Da ultima vez em que eles terminaram, ele falava com tanta convicção que não ia voltar que dava até pra acreditar(mas ninguem acreditava...rs). Além disso, ele se referia a ex(agora atual) de tantos nomes que...noooossa, vamos combinar, neh?! Exemplo? Vadia...porca... SIM...ele falava que ela era vadia pra quem quisesse ouvir...contou a historia dos dois pra meio mundo...contou pra outra metade do mundo tudo o que a "vadia" "aprontou" com ele...falava que estava desgastado, que o amor não existia mais...até teve um affair com outra menina, que era perfeita. Não queria muda-lo, gostava de cerveja, torcia pro mesmo time, nao implicava que fumava, o entendia como ele era...e, de repente, ele volta com a ex...com a "vadia" que ele mesmo se referia.
Ahh não, não dá pra entender algo assim. Como alguem que afirmava com convicção certas coisas, muda de opinião de repente?
Brigas e discussoes todos os casais tem.
EU tenho...e como tenho...ta certo que elas nao duram nem um hora...hahaha...e também que a gnt sempre vai dormir "de bem", nunca deixamos nada pro outro dia...sempre conseguimos chegar a um acordo e SEMPRE tentamos entender um ao outro...pq eu acho que isso sim é um relacionamento. É a compreensão, a cumplicidade...é o dialogo...pra que nenhum dos dois saia magoado.
A gente não pode querer moldar as pessoas. Temos que aceita-las como são...afinal, o amor é isso...é a aceitação, é a renuncia...
Não temos que subtrair do outro e sim, acrescentar...somar... Temos que fazer parte da vida do outro, como ela sempre foi e fazer com que o outro também faça parte da nossa vida, como ela sempre foi. Não podemos ter as pessoas só pra nós...isso é egoismo e nao leva a lugar nenhum... só atrai coisas negativas...e, acho que ninguem quer coisas negativas na vida, nao eh?!
Quem sabe se as pessoas começassem a somar mais as outras o mundo não seria um pouco melhor...
Mas, enquanto isso não acontece eu percebo que descobrir o verdadeiro sentido das coisas é querer saber demais...

2 comentários:

  1. Passadinha rápida pra te deixar um Feliz Natal!!!! bjs...

    ResponderExcluir
  2. Que post lindo.
    Também acredito que toda discussão deve ser resolvida antes de dormir, hehehe. Na bíblia, há algo dito a esse respeito, para não deixar a ira passar do por do sol, nao lembro exatamente a passagem, mas era algo assim.

    Acho que algumas pessoas tem a auto-estima baixa. Precisam da outra pessoa, mesmo que a faça mal. Muito estranho, né? Essa história q vc contou, aff, viu.

    Beijos

    ResponderExcluir